Adeus, bagunça! Saiba como incentivar a organização e o que isso tem a ver com o planejamento financeiro dos adolescentes

Quem convive com adolescentes sabe que em geral a organização não é um ponto forte nesta fase da vida. Mas, por mais difícil que seja a tarefa de orientá-los para manter o espaço arrumado, é importante não desanimar. Isso porque a habilidade de manter as coisas em ordem não é apenas uma questão estética, ou um jeito fácil de se encontrar o que precisa. O hábito da arrumação ajuda a manter as ideias em ordem e a desenvolver habilidades importantes para o planejamento financeiro. Quer saber mais sobre isso? Confira nossas dicas a seguir.

O que a organização tem a ver com a educação financeira

Adolescentes organizados têm maior probabilidade de se tornarem adultos responsáveis — é o que afirmam especialistas em comportamento. Entre outros motivos, isso acontece porque o hábito de deixar o ambiente arrumado requer o desenvolvimento de algumas características pessoais que serão relevantes em outras situações. Por exemplo, é preciso ter disciplina para fazer o que deve ser feito, de forma consistente e constante. Isso tem a ver com o estabelecimento de uma rotina, que também é essencial tanto para manter a ordem do quarto ou da sala quanto para conseguir cuidar dos gastos regulares. 

Outro ponto importante é que ao organizar um ambiente, os adolescentes são forçados a fazer escolhas: se o espaço nas gavetas é limitado, será necessário decidir quais roupas podem ser guardadas, e algumas certamente precisarão ser doadas, vendidas ou trocadas. O costume de estabelecer prioridades e ter critérios para decidir como usar os recursos disponíveis também vai ajudar na hora de tomar decisões sobre como usar melhor o próprio dinheiro. Com o tempo, esse caminho passará a ser percorrido com mais autonomia — e esta também é uma habilidade fundamental para a formação de cidadãos conscientes financeiramente.

Passo a passo para uma vida mais organizada

Agora que ficou clara a relação entre a organização do espaço e a consciência financeira, você pode estar se perguntando como colocar em prática essas sugestões. Nós preparamos algumas dicas que podem ajudar:

  • Rotina: ter dias e horários certos para fazer as coisas dá segurança e estabilidade aos adolescentes. Ao combinar a rotina, uma boa ideia é incluir momentos semanais ou quinzenais para arrumação do quarto e até para conferir os gastos do período e planejar como usar o dinheiro na próxima semana. Mas vale lembrar que nessa fase da vida o papel dos adultos é orientar a ajudar com dicas, deixando os adolescentes elaborarem sua programação de tarefas por conta própria. A autonomia, nesse caso, ajudará a manter o que foi planejado.
  • Um lugar para cada coisa: além de reservar espaços próprios para armazenamento dos pertences dos adolescentes, é fundamental ter locais separados e ordenados para o estudo. Isso ajuda a manter o raciocínio claro e o foco. Mas talvez o principal ganho seja a motivação: afinal, é bem mais agradável realizar tarefas em espaços organizados.
  • Orientações claras: no começo, quando se está criando o hábito, pode ser difícil conseguir o engajamento dos adolescentes. Por isso, em vez de cair na armadilha de apenas reclamar e apontar a bagunça acumulada, é mais eficiente dar instruções claras, que possam ser facilmente seguidas, como por exemplo “arrume a cama”, “recolha as roupas espalhadas”, “guarde o material da escola na mochila”, etc.
  • Ensinar pelo exemplo: a gente sabe que não é fácil manter uma rotina de arrumação da casa, mesmo para nós adultos. Mas não vale adotar o comportamento “faça o que eu digo mas não faça o que eu faço”. Se a casa é desorganizada, este será o modelo que eles irão seguir, por mais que os adultos tentem convencê-los a se organizar. Por isso, comece colocando a vida em ordem e ensine pelo exemplo!

Com esse roteiro, será bem mais fácil despertar seus dependentes para a importância de se organizar.

Comece já a educação financeira com o Blu by BS2!

Siga o Blu nas redes sociais Instagram e Facebook para mais dicas.

Compartilhe nas redes

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Abra a câmera do seu
celular e aponte para esse QR Code.

Pronto! É só baixar o app direto no celular!

Ao acessar o nosso site, você está de acordo com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui