A geração Z prefere o consumo sustentável. Saiba como orientá-los a fazer as melhores escolhas.

Diversas pesquisas apontam uma mudança importante na forma como os adolescentes fazem suas escolhas na hora de consumir. Pelo menos metade dos jovens da chamada Geração Z levam em conta a sustentabilidade quando decidem quais marcas irão comprar, mesmo que isso signifique pagar um pouco mais pelo produto. Neste artigo, selecionamos algumas dicas para ajudar você a orientar os adolescentes de sua família a entrar na onda do consumo sustentável. Confira!

Verifique as causas apoiadas pelas marcas

De olho nas tendências de consumo das novas gerações, as marcas estão cada vez mais transparentes em relação às causas que apoiam. Isso porque elas já perceberam que as decisões de compra não são mais baseadas apenas em critérios como preço e qualidade, mas frequentemente estão alinhadas aos propósitos e crenças dos consumidores. Para saber se uma determinada marca abraça causas importantes, oriente seus filhos a conferir as redes sociais, as campanhas de comunicação e as interações com os seguidores. 

Incentive a reflexão sobre os preços dos produtos

É claro que ninguém quer pagar caro por um produto. Mas em alguns casos, especialmente na indústria da moda e dos eletrônicos, itens excessivamente baratos podem ocultar um alto custo social e ambiental. Algumas marcas de fast fashion podem estar envolvidas em questões como exploração de mão de obra ou alto volume de resíduos no momento da produção. O descarte de peças também é um ponto a ser observado: a alta rotatividade das coleções tem trazido problemas ambientais, como por exemplo o surgimento de um “cemitério de roupas” em pleno deserto do Atacama, no Chile. 

Outro ponto importante a ser avaliado é a procedência dos produtos. Pechinchas muito chamativas, especialmente quando oferecidas por vendedores na rua, podem ser fruto de roubo ou estar envolvidas em práticas ilegais, como lavagem de dinheiro e sonegação de impostos. Nesses casos, não é fácil verificar a origem da mercadoria, portanto vale a pena comprar apenas de pessoas de confiança.

Por tudo isso, em vez de fazer uma compra levando em conta apenas o menor preço, incentive os adolescentes a pesquisar a marca escolhida. Nem sempre a opção mais econômica financeiramente é adequada do ponto de vista da sustentabilidade.

Avalie a sustentabilidade também na hora de investir

Os critérios sustentáveis estão ganhando espaço até no mundo dos investimentos. Um exemplo disso são os fundos ESG, sigla em inglês que indica produtos financeiros que incluem fundamentos ambientais (environmental), sociais (social) e de governança (governance). Esse tipo de aplicação financeira vem se consolidando no mercado, com o objetivo de atender clientes que priorizam investir seus recursos em empresas comprometidas com essas causas. Para identificar os fundos ESG, procure aqueles que tenham a sigla IS no nome: ela significa que se trata de um Investimento Sustentável.

Leia também — Sustentabilidade: saiba como o hábito de fazer doações pode ajudar as pessoas e o planeta

Gostou das dicas? Comece já a educação financeira da sua família com o Blu by BS2!

Siga o Blu nas redes sociais Instagram e Facebook para mais dicas.

Compartilhe nas redes

Abra a câmera do seu
celular e aponte para esse QR Code.

Pronto! É só baixar o app direto no celular!

Ao acessar o nosso site, você está de acordo com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui